ANGEOLOGIA


O Reino dos Anjos sempre existiu e numerosas referências a  eles são encontradas em quase todos os livros sagrados das religiões. Os conhecimentos que temos sobre os anjos pertencem aos arquivos da humanidade, sendo uma das poucas revelações que foi pouco distorcida e alterada. A crença nos anjos talvez seja uma das crenças mais fidedignas do mundo.
Os anjos são seres espirituais mais adiantados do que os homens em evolução e graça. O termo Anjo teria se originado do grego, que significa "mensageiro, enviado". Deus não exige que os Anjos O ajudem, mas Ele emprega os seus serviços para que possam se desenvolver.
As investigações de Motosofia no desenvolvimento de sua própria Angeologia - estudo dos anjos - encontrou explícitas descrições das ordens do Anjos no livro de Enoque. Na Antiguidade, qualquer pessoa que tratasse de vidências era chamada de "Enoque".
No livro terceiro de Enoque, eis o que argumenta o anjo ao profeta: 


Nos escritos de Enoque, encontra-se os graus da hierarquia dos anjos, sendo denominados como:


Os Anjos-Reis são considerados como "Soberanos da Eternidade".



Metatron é citado no terceiro livro de Enoque, mencionado como o Anjo-Príncipe da Presença, ocupando o trono de Príncipe do Sétimo Átrio (plano), considerado o ser mais sagrado do mundo celestial e, governa todos as legiões de anjos através de seu "Santuário e Altar.
O outro grupo de Anjos mencionados no livro de Enoque são os "Anjos Cantores", que possuem a tarefa de entoar glórias e cânticos a Deus Todo Poderoso.


De acordo com o pensamento de Motosofia, admite-se a crença desde a Antiguidade, Deus está eternamente sentado no seu Trono de Glória por toda a Eternidade, juntamente com seus anjos, que entoam e glorificam seu nome por toda a glória dos tempos.

Santo Tomás de Aquino foi o filósofo e teólogo medieval que mais estudou a respeito dos anjos, sendo conhecido como "Doctor Angelicus" - Doutor dos Anjos".

Os anjos são divididos por grupos, de acordo com suas funções celestiais:







 


A Angeologia Mística de Motosofia divide a hierarquia dos Anjos em três partes que representam a Tríade Divina. As hierarquias: Serafins, Querubins e Tronos representam a Onipresença de Deus. Os anjos que compõe essa sub-hierarquia possuem altíssimo grau de perfeição e evolução espiritual e mental. Metatron - "mais próximo do Trono" - é o Anjo em estado sublime de evolução e perfeição, por esta razão, pertence a onipresença Divina, pois Deus está presente no Todo. Os anjos desta categoria se manifestam fisicamente, representando a Teofonia ou manifestação corpórea de Deus. Metatron é a manifestação de Deus na materialidade, pois os Anjos desta categoria possuem estados elevadíssimos de evolução e estão mais próximos de Deus. O estado superior de evolução e perfeição desta categoria de anjos lhe atribuem a graça da manifestação e representação Divina aos seres.





Os anjos das hierarquias: Dominações, Potências e Virtudes representam misticamente a Onisciência de Deus. Eles possuem a capacidade de saber tudo infinitamente, sendo possível dominar as esferas do cognoscível e incognoscível tanto no Universo quanto no Multiverso, sendo superiores aos sentidos humanos. Os anjos que representam a Onisciência de Deus possuem elevadíssimos graus de evolução e perfeição, por esta razão lhe atribuem a faculdade de conhecer as estruturas da vida em sua essência, levando em consideração, todos os atributos constituintes do Universo e o conhecimento da essência imaterial.
No estado de evolução que os anjos estão não existe a relação entre espaço-tempo, por isso eles sabem a respeito do passado, presente e futuro, sobretudo a origem e evolução do Universo e tudo o que se passa nele. Os anjos desta categoria contribuem na Iluminação Mental pela busca da Sabedoria no plano divino e espiritual. 










Funções dos Anjos de acordo com a Angeologia Mística de Motosofia

Os Anjos têm a incumbência de:
I – Proteger;
II – Orientar
III – Iluminar;
IV – Acompanhar;
V – Curar;

a) Os Anjos estão a serviço de Deus e também são entes espirituais em grau elevado de evolução e perfeição. O pensamento dos Anjos são distintos do ser humano, pois os processos evolutivos de pensamento dos entes espirituais estão mais próximos da Luz da Verdade. Por atingirem este grau de perfeição, os Anjos (da guarda) protegem os espíritos humanos em processo de evolução, tanto na dimensão espiritual quanto física;
b) Os Anjos orientam os seres evolutivos emitindo energias positivas de Paz, Harmonia e Equilíbrio. São guias espirituais toldados de luz e pureza e auxiliam no processo evolutivo;
c) Os Anjos têm a função espiritual de Iluminar a consciência e o pensamento humano através do autoconhecimento, busca Interior, Despertar místico, mensagens e avisos pelos sonhos, dejà-vu, telepatia e vibrações positivas e cósmicas;
d) Eles também estão incumbidos de Acompanhar a evolução humana desde o nascer até a morte, pois cada ser tem um Anjo destinado para acompanhar durante toda a vida.

e)  Os Anjos também têm a missão de trazer a cura espiritual para todas as enfermidades que corrompem o espírito esmaecendo a aura para o despertar de uma Nova Vida;

O pensamento místico e filosófico de Motosofia defende a tese que os Anjos Decaídos ou demônios é parte constituinte da crença mítica judaico/cristã. Os anjos, portanto, possuem dois lados: Estado de Luz e Sombrio ou "Ao Contrário", que podem ser complementadas pelo uso do Tarot dos Anjos (para fins terapêuticos). Dessa forma, a Espiritualidade Mística de Motosofia parte do princípio que no mundo místico há duas entidades espirituais: Deus e o Reino dos Anjos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário